Varias técnicas

 

 

Mais uma 4a feira, mais uma aula aconteceu.
A Adelaide, terminou dois trabalhos que tinha iniciado em aulas anteriores.
Reciclou uma caixa de cartão, forrou-a, quer interior, quer exteriormente e transformou-a numa útil caixa para guardar cartas, como as fotos nos sugerem.
Também pintou, com a técnica de “decappé “um carrinho em madeira, que tinha tinha contido sabonetes.
Aplicou flores ,usando a découpage e eis uma peça decorativa, totalmente diferente da peça inicial.
As três peças decoradas a estanho, são um projeto da Almerinda, que ela cuidadosamente trabalhou e nas quais colocou todo o seu empenho e criatividade.
De salientar, que a Almerinda trabalha, pela 1a vez o estanho e também é nossa aluna pela 1a vez.
O saleiro que a Rosa nos mostra, estava num estado degradado.
Lixou-o, limpou e fez-lhe umas pequenas aplicações com papel découpage, deixando bem salientes os veios da madeira, imitando o decappé e está pronto a ser usado.
A Lina , à semelhança de aulas anteriores, continuou a sua coleção de garrafas.
E que bonitas estão!
E assim, com trabalhos aliciantes e algumas pausas e boa disposição à mistura, decorreu a nossa aula de hoje.

Aprender…Ensinar

Aprender/Ensinar , duas palavras que fazem parte  do meu vocabulário quotidiano.

Enquanto professora ensino, enquanto aluna aprendo.

Impossível desligar este binómio.

E todos os dias aprendo e com toda a gente.

E quanto mais aprendo, mais ensino. 

Faz parte de mim.

Não consigo guardar só para mim aquilo de que gosto e outras pessoas também gostam.

Para ensinar é preciso saber; para aprender é preciso confiar em quem ensina.

E só se confia, quando aquele que ensina está seguro dos conhecimentos que pretende transmitir.

E assim, apesar de andar nestas lides há mais de 30 anos, continuo a sentir dentro de mim, esta ânsia de aprender mais,  de saber mais, para encarar as minhas aulas e as minhas alunas, com segurança, naturalidade e humildade também( que esta nunca me falte).

Os trabalhos, com a técnica das areias coloridas que aqui apresento, são fruto da formação nesta área, que continuo a fazer.

É uma técnica aliciante, viciante até, não muito difícil, que vamos aperfeiçoando, à medida que praticamos.

É este o verdadeiro segredo das areias, treino…treino…treino…e o próximo trabalho será sempre melhor que o anterior.

É com esta técnica , que pretendo aliciar as minhas alunas para projetos futuros.

Oxalá gostem tanto como eu gosto!

Estanho e découpage

 

Na última aula, foram trabalhadas técnicas já conhecidas e dois trabalhos foram finalizados:

A Lina , como se pode ver na  foto, dá os últimos retoques na sua garrafa.

Pintou, decorou com tecido e contornou com galões.

A Alita, nova na turma, terminou a sua caixinha , pintada e decorada com estanho texturado e pérolas.

Ambos os trabalhos, foram feitos a partir de objetos usados, reciclados, a que as alunas deram uma nova vida.

Areias e outra técnicas

E assim, entre garrafas, velas, tintas,areias, tecidos, colas, pincéis e uma grande dose de amor pela reciclagem, se passaram as duas últimas tardes.
Experimentando, recomeçando, inventando, preparando aulas futuras.
Algumas correções a fazer…mas gostei do resultado.